quinta-feira, 5 de junho de 2008

INDIGNAÇÃO E TRISTEZA SENTIMENTOS QUE SE APODERAM DO MEU CORAÇÃO

Não somente pelo fato de não concordar com tal cirurgia, mas quando vejo que o nosso Sistema Único de Saúde (SUS) não consegue atender as demandas do nosso país, pois diariamente vemos crianças, idosos e tanto outros morrerem por falta de atendimento nos hospitais públicos. Não tenho idéia, mas creio que uma cirurgia como esta tem um custo altíssimo, como afirma a própria reportagem. Dinheiro que poderia ser gasto para atender tantos pacientes que estão morrendo nos corredores dos hospitais, e outros que não conseguem nem mesmo ser atendidos.
Ainda querem a volta da CPMF, imagine!!! Como diz Boris Casoy: "Isso é uma vergonha!"
Vejam a reportagem abaixo, simplesmente considero um absurdo.

Hospital do SUS fará cirurgia de mudança de sexo, anuncia Temporão
Carolina Pimentel Da Agência Brasil
O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, anunciou hoje (5) que, até o final do mês, assinará uma portaria que vai permitir a realização de cirurgia de mudança de sexo pelo Sistema Único de Saúde (SUS).Ele disse que a portaria trará todos os critérios para a realização desse tipo de cirurgia e que poucos hospitais públicos serão autorizados a realizar o procedimento. O ministro não antecipou o número de unidades credenciadas para a cirurgia, mas disse que, serão poucas por tratar-se de um procedimento médico complexo, de longa duração e que exige um grupo de profissionais específicos.Segundo o Temporão, as unidades serão hospitais universitários ligados aos grandes centros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais."Há uma demanda social. Essa portaria estará atendendo a todas as especifidades", disse o ministro ao chegar na 1ª Conferência Nacional de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transsexuais (GLBT), no Centro de Convenções, em Brasília.Ele disse que, há 11 anos, o Conselho Federal de Medicina aprovou esse tipo de cirurgia como procedimento médico. No Brasil, a cirurgia de mudança de sexo é feita apenas em clínicas e hospitais particulares e é um procedimento de alto custo.

0 comentários: